Vídeo mostra onda de lama após rompimento de barragem em Brumadinho


 
Veja o posicionamento das câmeras se segurança que registraram o rompimento de barreira da Vale em Brumadinho (MG) — Foto: Alexandre Mauro/G1

Veja o posicionamento das câmeras se segurança que registraram o rompimento de barreira da Vale em Brumadinho (MG) — Foto: Alexandre Mauro/G1

O rompimento da barragem da Mina do Córrego do Feijão, da mineradora Vale, em Brumadinho (MG), completou oito dias nesta sexta-feira (1º).

Vídeo obtido e divulgado hoje pela TV Bandeirantes mostra o momento da onda de lama de rejeitos invadindo instalações da mineradora. Nas imagens, com horário de 12h29 do dia 25 de janeiro, é possível ver os rejeitos avançando em direção à uma área com instalações da mineradora, e veículos tentando deixar o local. A lama também atinge uma locomotiva. De acordo com a emissora de televisão, as imagens foram captadas por uma câmera de vigilância fixada em um guindaste.

Em nota, a Vale informou que "disponibilizou todas as imagens das câmeras de segurança às autoridades um dia após o rompimento da Barragem I, em Brumadinho".

Em oito dias de buscas, foram localizados 110 corpos, dos quais 71 foram identificados por exames realizados pela Polícia Civil, 238 pessoas continuam desaparecidas e seis pessoas foram hospitalizadas. Das pessoas resgatadas, 108 estão desabrigadas. O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informou que não há como prever uma data de encerramento das buscas por vítimas na região.

Veja o vídeo abaixo

**01/02/2019 - *Ag. Brasil

Envie seu Comentário