Sefaz flagra transporte irregular de gado em Jupiá e aplica R$ 63 mil em multas

Caminhões e carreta tentavam transportar 75 cabeças de gado sem o pagamento do ICMS; animais só foram liberados mediante quitação da obrigação fiscal


 
Sefaz intensificou fiscalização na região da ponte em Três Lagoas. (Foto: Divulgação) Sefaz intensificou fiscalização na região da ponte em Três Lagoas. (Foto: Divulgação)

Equipes de fiscalização da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda) flagraram, durante fiscalização de rotina, o transporte de 75 cabeças de gado sem documentação fiscal. A ação ocorreu no posto fiscal de Jupiá, na divisa de Três Lagoas –a 338 km de Campo Grande– com o Estado de São Paulo.

Um desvio na região da ponte de Três Lagoas tem sido alvo constante de fiscalização, em busca de pessoas que tentam praticar ilícitos fiscais.

Os animais seguiam, na tarde de quarta-feira (11), em um comboio formado por três caminhões em uma carreta, conforme informou a assessoria da pasta. A movimentação gerou suspeita sobre possível evasão de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

Durante a perseguição, fiscais notaram a presença de um veículo que dava suporte aos caminhões. Ao notarem a tentativa de fuga, realizaram a abordagem e constataram o transporte de 75 cabeças de gado, todos machos com idade entre 24 e 36 meses, sem a documentação fiscal necessária.

A COFIMT (Coordenadoria de Fiscalização de Mercadoria em Trânsito) informou que a ação fiscal resultou na recuperação do ICMS e aplicação de R$ 63.496,20 em multas. Somente após os pagamentos a mercadoria foi liberada.

12/01/2018 19h06 - CG. NEWS

Envie seu Comentário