Caminhada chama à atenção para a luta contra violência, abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Manifestação começou em frente ao prédio da Prefeitura e encerrou no Centro Poliesportivo Professor "Eduardo Milanez"


 
Ato, alusivo às comemorações do “Dia 18 de Maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” Ato, alusivo às comemorações do “Dia 18 de Maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”

A Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) de Três Lagoas, por meio das equipes da Diretoria de Proteção Social Especial, Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Diretoria de Proteção Social Básica e Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), realizou ato público de manifestação e luta contra a violência, abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, na manhã desta quinta-feira (16).

O ato, alusivo às comemorações do "Dia 18 de Maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes", iniciou com uma concentração em frente ao prédio da Prefeitura de Três Lagoas, na Avenida Capitão Olyntho Mancini, número 667, no Centro.

Na concentração que deu início à caminhada, esteve o prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro, acompanhado da secretária de Assistência Social, Vera Helena Arsioli Pinho, e os secretários Gilmar Tabone (Administração), Angelina Zuque (Saúde), Soyla Garcia (Finanças), Heliety Antiqueira (Educação e Cultura) e Adriano Barreto (Infraestrutura).

O evento foi abrilhantado com apresentações da Banda Musical "Cristo Redentor", regida pelo maestro Luiz Carlos Relíquias, e contou com a participação de representações de alunos e educadores da Escola da APAE de Três Lagoas e crianças e adolescentes dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFVs, mantidos pela SMAS, ou seja, "Bombeiros do Amanhã", "Banda Cristo Redentor", "Pelotão Mirim", "Patrulha Florestinha" e do SCFV do Centro de Referência de Assistência Social e Educacional – CRASE "Coração de Mãe".

Entre as autoridades, estiveram também presentes as vereadoras Sirlene Pereira e Isabel Cristina; a presidente do CMDCA, psicóloga Sandra Regina Ferreira Toresan Gonzalez; e o psicólogo Sidney Ferreira Júnior, representando o Ministério Público Estadual, juntamente com representantes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

Na concentração e caminhada, os participantes tiveram o apoio de segurança da equipe motorizada dos Agentes Municipais de Trânsito, que controlaram a interrupção do tráfego de veículos nos cruzamentos do percurso até à Lagoa Maior.

A caminhada percorreu o trecho da Avenida Capitão Olyntho Mancini, da Prefeitura de Três Lagoas até à Avenida Aldair Rosa de Oliveira, na Orla da Lagoa Maior, no Centro Poliesportivo Professor "Eduardo Milanez", onde houve mais manifestações de conteúdo educativo, artístico e lúdico, com mensagens de alerta contra a violência e abusos sexuais de crianças e adolescentes.

APOIO E PARTICIPAÇÃO

A secretária Vera Helena agradeceu o apoio e a presença de todos, em especial, a do prefeito Angelo Guerreiro e dos colegas secretários.

"Não podemos esconder, mas temos que identificar e combater todo o tipo de violência que acontece na nossa Cidade", ressaltou Vera Helena.

"Muita gente não sabe ou finge desconhecer, mas existem muitos casos de violência contra a mulher, contra nossas crianças e contra os adolescentes. Temos que nos unir e continuar realizando um trabalho em rede para conter o avanço da violência", disse.

Ao se referir à data do "Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes" o psicólogo do Ministério Público comentou: "É uma lembrança muito triste e muito ruim para o País e para nossa Cidade. Por isso, temos que nos unir sempre mais para denunciarmos e enfrentarmos todo o tipo de violência que está aí, na nossa frente e que precisa acabar", disse Sidney Ferreira.

"A união de todos, como a que estamos vendo hoje, se faz necessária para conseguirmos resultados positivos na luta contra a violência e exploração sexual de crianças e adolescentes", observou o prefeito Angelo Guerreiro.

"Considerando a população estimada de 120 mil pessoas que residem em Três Lagoas, ainda somos poucos e pequenos. Por isso temos que fazer de tudo para envolver mais gente neste importante trabalho de banir da nossa Cidade todo o tipo de violência contra a mulher, nossas crianças e adolescentes", conclamou o prefeito.

 
“Considerando a população estimada de 120 mil pessoas que residem em Três Lagoas, ainda somos poucos e pequenos, conclamou o prefeito. “Considerando a população estimada de 120 mil pessoas que residem em Três Lagoas, ainda somos poucos e pequenos, conclamou o prefeito.

**17/05/2019 - Ass. de Comunicação

Envie seu Comentário