Com apoio da Diretoria de Agronegócio, agricultores familiares de Três Lagoas podem fechar contrato com Atacadão


 
O Atacadão tem previsão de inauguração entre 20 e 25 de junho. O Atacadão tem previsão de inauguração entre 20 e 25 de junho.

Na manhã desta quarta-feira (08) o Departamento de Agronegócio e Desenvolvimento Rural da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócio (SEMEA) se reuniu com produtores rurais da região de Três Lagoas para expor e intermediar o interesse do Grupo Atacadão em adquirir hortifrútis produzidos através do Programa Agricultura Familiar.

Conforme a diretora de Agronegócio, Amanda Pivotto, os diretores do Atacadão pediram auxílio da SEMEA para intermediar este acordo. "Eles nos procuraram para conhecer o potencial da produção agrícola de Três Lagoas e estão interessados em favorecer os pequenos produtores ao abastecer o setor de hortifrútis com produção local", disse.

A novidade animou e, ao menos tempo, preocupou os produtores presentes na reunião. Embora, seja uma chance de alavancar as vendas, abastecer uma rede com a amplitude do Atacadão demanda maior investimento e mão de obra.

Da Associação de Agricultores Familiares do Assentamento 20 de Março, o produtor Julio Saito, a oportunidade chega de forma única para todos. "Está aí uma chance de ampliarmos nossas rendas e expandir a produção, mas, para isso, temos que nos unir, pois, individualmente não teremos como honrar o compromisso. Se todos tiverem interesse, conseguiremos fechar este contrato e abastecer a loja com nossas hortaliças", falou Julio.

A diretoria de agronegócio planeja ações para auxiliar os agricultores no aumento da produção, como palestras, cursos, apoio técnico, parcerias para fornecimento de insumos e maquinários, entre outros. "O objetivo é que este contrato de compras de hortifrútis fique em Três Lagoas e beneficie o agricultor local", concluiu Amanda.

O Atacadão tem previsão de inauguração entre 20 e 25 de junho. Participaram da reunião representantes das associações Aspatrês, Asprocampo, Agrip, CooperaMs, dos Assentamentos 20 de Março, Pontal do Faia, Palmeira e o coordenador da Regional da AGRAER-MS (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), Jurandir Xavier Duque Júnior.

**09/05/2019 - Ass. de Comunicação

Envie seu Comentário