Suspeito de assassinar major na porta de hotel é preso em Bonito

Segundo o delegado Gustavo Henriques Barros, o suspeito foi preso na noite de ontem (15) escondido num bairro da cidade


 
Paulo era professor de Matemática na Escola Bionatus (Foto: divulgação/Facebook)
Paulo era professor de Matemática na Escola Bionatus (Foto: divulgação/Facebook)

Foi preso o suspeito de matar o major do Exército, Paulo Settervall, 57 anos, por volta das 21h30 do último domingo (14), em frente ao Hotel CLH Suítes onde estava hospedado, em Bonito, distante 257 quilômetros de Campo Grande.

Segundo o delegado Gustavo Henriques Barros, responsável pelo caso, o suspeito que ainda não teve o nome divulgado foi preso na noite de ontem (15) escondido num bairro da cidade. "Ele será ouvido nesta manhã. Ainda não foi esclarecido o motivo do crime", disse a autoridade policial. A Polícia Civil fará uma coletiva de imprensa na Capital para divulgar informações sobre o caso.

Paulo foi encontrado morto na calçada. Com base em depoimentos de testemunhas, a polícia conseguiu localizar um suspeito. "Pessoas disseram que tinham visto o homem alterado e com uma faca nas mãos nas proximidades", disse o delegado.

No dia do crime, investigadores fizeram buscas na casa do suspeito e encontram roupas queimadas. No Hotel CLH, funcionário que atendeu à reportagem disse que a equipe foi orientada pela polícia a não repassar qualquer informação sobre o hóspede ou circunstâncias do crime. Toda ação foi filmada por câmeras de segurança.

O corpo do major está sendo velado desde as 21h de ontem (15) no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Campo Grande. A informação foi divulgada pelo Colégio Militar de Campo Grande, instituição que o militar ajudou a criar e onde trabalhou como professor de 1997 a 2010. Atualmente, Paulo era professor de Matemática no Colégio Bionatus em Campo Grande.

**16/04/2019 - CG. News

Envie seu Comentário