09/12/2012 12h33 - Atualizado em 09/12/2012 12h33

Pesquisa aponta Ribas do Rio Pardo como a maior produção de carvão vegetal do MS

Ribas do Rio Pardo continua sendo o grande destaque do ramo no estado de Mato Grosso do Sul como o principal município produtor de carvão vegetal.

 
 
(Foto: Demonstração)

A pesquisa Produção da Extração Vegetal e da Silvicultura 2011, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), indica que oito estados brasileiros responderam por 1,35 milhão de toneladas de todo o carvão do extrativismo mineral produzido no país no ano passado. O volume equivale a 95% da produção total.

Ribas do Rio Pardo continua sendo o grande destaque do ramo no estado de Mato Grosso do Sul como o principal município produtor de carvão vegetal..

Segundo a pesquisa, MS foi o principal produtor, com 359,3 mil toneladas, seguido do Maranhão, com 339,7 mil toneladas, de Minas Gerais, com 156,5 mil toneladas, e do Piauí, com 137,7 mil toneladas. Os outros quatro estados são a Bahia (115,3 mil toneladas), o Pará (73,5 mil toneladas), Goiás (52,04 mil toneladas) e Mato Grosso (51,3 mil toneladas).

Entre os municípios, o principal produtor de carvão da extração vegetal é Grajaú, no Maranhão, com 85,4 mil toneladas. Também estão no ranking dos 20 maiores municípios produtores as cidades maranhenses Parnarama, Barra do Corda e Centro Novo do Maranhão.

Também fazem parte do ranking Ribas do Rio Pardo, Aquidauana, Campo Grande, Água Clara, Porto Murtinho, Três Lagoas, Santa Rita do Pardo e Coxim, em Mato Grosso do Sul; Baianópolis, Riachão das Neves e Santa Rita de Cássia, na Bahia; João Pinheiro e Pompeu, em Minas Gerais; Regeneração, no Piauí; Itupiranga, no Pará; e General Carneiro, no Paraná. Juntos, eles respondem por 35,5% do total nacional.

CG. NEWS


Envie seu Comentário