Paciente que veio a óbito com suspeita de dengue não é de Três Lagoas

Trata-se de uma mulher, residente em Brasilândia, com idade presumida de 45 a 50 anos


 
Com idade presumida de 45 a 50 anos e havia sido removida para Três Lagoas já com sintomas de suspeita da doença. Com idade presumida de 45 a 50 anos e havia sido removida para Três Lagoas já com sintomas de suspeita da doença.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas, por meio do setor de Vigilância Epidemiológica do Departamento de Vigilância em Saúde e Saneamento, informa à população que a paciente que veio a óbito, nesta terça-feira (18), no Hospital Regional da Cassems, com suspeita de sintomas de Dengue, não é moradora de Três Lagoas e sim da cidade de Brasilândia.

Trata-se de paciente do sexo feminino, com idade presumida de 45 a 50 anos e havia sido removida para Três Lagoas já com sintomas de suspeita da doença. O caso está em investigação.

**18/12/2018 - Ass. de Imprensa

Envie seu Comentário