Em liberdade com tornozeleira, membro do PCC é preso por vender drogas em escola

"Mazuni PCC" usava escola a que tinha conseguido na justiça direito de frequentar como ponto de venda de drogas.


 
“Mazuni PCC” é conhecido antigo no meio policial devido a várias passagens por tráfico. (Foto: Nova News) “Mazuni PCC” é conhecido antigo no meio policial devido a várias passagens por tráfico. (Foto: Nova News)

Rapaz, de 25 anos, conhecido como "Mazuni PCC", foi preso no final desta tarde (11) em Nova Andradina, cidade a 300 quilômetros de Campo Grande. Mazuni faz uso de uma tornozeleira eletrônica e foi detido após denuncias de que ele estaria traficando drogas na escola Escola João Lima Paes.

Unidade que ele por sinal teria conseguido autorização judicial para estudar no período noturno, mas que na verdade, usava como ponto de venda de drogas para alunos, segundo o site Nova News. Ainda conforme a Polícia Militar, o suspeito é conhecido antigo no meio policial devido a várias passagens por tráfico e também por ser membro da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

A testemunha que acionou a polícia ainda teria apresentado prints de conversas via Whatsapp nas quais o traficante oferece droga para os alunos. A partir das denúncias, a Força Tática da PM abordou "Mazuni PCC", em frente à sua casa, no momento em que se preparava para ir à escola.

Ele confessou que estava com drogas, tentou fugir, mas foi alcançado e algemado. Na casa do traficante foi encontrado parte de tablete de maconha próximo à janela de seu quarto e mais 05 porções da droga já prontas para o comércio e na bolsa do jovem, mais R$ 60,00 em dinheiro. O autor e as drogas foram encaminhados para a 1ª Delegacia de Polícia de Nova Andradina.

12/04/2018 08h19 - *Fonte: Campo Grande News

Envie seu Comentário