Professora leva 20 facadas de ex-namorado e morre, após comemorar aniversário

Mulher foi atacada ao ser supreendida. Bombeiros a resgataram por volta das 7h30 de hoje


 
O Corpo de Bombeiros só a encontrou por volta das 7h30, inconsciente e com dificuldades respiratórias. O Corpo de Bombeiros só a encontrou por volta das 7h30, inconsciente e com dificuldades respiratórias.

A professora Nádia Sol Neves Rondon, de 38 anos, foi mais uma vítima de estatística de mulheres mortas pelos ex-companheiros que não aceitam a separação. A jovem foi morta após ser golpeada por mais de 20 facadas pelo companheiro. A professora retornava da comemoração de seu aniversário quando foi surpreendida pelo homem.

O caso aconteceu na madrugada deste domingo (10), na rua Alameda Adelina, no bairro Universitário, na cidade de Corumbá distante 426 km de Campo Grande.

Segundo site Diário Corumbaense, Nádia levou pelo menos 20 facadas sendo três perfurações de grande profundidade na região lombar e no tórax, apresentava intensiva hemorragia. O Corpo de Bombeiros só a encontrou por volta das 7h30, inconsciente e com dificuldades respiratórias.

Nádia recebeu o atendimento emergencial e foi encaminhada para o pronto-socorro da Santa Casa de Corumbá. Por causa da gravidade dos ferimentos, a professora foi levada para o centro cirúrgico do Hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A jovem era professora de Língua Portuguesa e Inglês nas escolas municipais Pedro Paulo de Medeiros e Isabel Corrêa, na cidade. Edevaldo Costa, suspeito de comenter o crime se apresentou nesta manhã (10) com advogado na Delegacia de Polícia Civil de Corumbá.

**11/03/2019 - Topmídia News

Envie seu Comentário