PF vasculha escritório usado por Zé Teixeira para compra e venda de boi

Além da casa do deputado, agentes federais cumprem mandado de busca e apreensão em escritório no centro de Dourados


 
Escritório de Zé Teixeira na Avenida Weimar Gonçalves Torres, no centro de Dourados (Foto: Marciel Arruda/RIT TV)
Escritório de Zé Teixeira na Avenida Weimar Gonçalves Torres, no centro de Dourados (Foto: Marciel Arruda/RIT TV)

Agentes da Polícia Federal estão no escritório do deputado estadual Zé Teixeira (DEM) localizado na Avenida Weimar Gonçalves Torres, no centro de Dourados, a 233 km de Campo Grande e base eleitoral do primeiro-secretário da Assembleia Legislativa.

O escritório "Zé Teixeira Compra e Venda de Bovinos" é um dos endereços mais tradicionais da política local, usado pelo decano deputado douradense para reuniões políticas com correligionários.

Os policiais federais também estão na casa de Zé Teixeira, localizada em um bairro nobre da área central. O democrata é alvo da Operação Vostok, desencadeada hoje (12) pela PF.

Na condição de pecuarista, Zé Teixeira teria, segundo a delação dos donos da empresa JBS, teria emitido notas "frias" para garantir o pagamento de pelo menos R$ 1,6 milhão em propinas a políticos de Mato Grosso do Sul.

Em maio do ano passado, Zé Teixeira rebateu as denúncias. "Nunca recebi dinheiro de propina de nenhum empresário", disse ele na tribuna da Assembleia Legislativa. O deputado foi preso logo cedo no Hotel Jandaia, em Campo Grande, onde estava hospedado.

12/09/2018 08h42 - *Fonte: Campo Grande News

Envie seu Comentário