Mãe denuncia falta de vacina contra meningite em USB da Vila Nasser

Dona de casa tenta vacinar o filho de quatro meses desde o dia 30 de novembro


 
Sesau informou que não há previsão de quando haverá reposição dos estoques da vacina. (Foto: Divulgação/PMCG)
Sesau informou que não há previsão de quando haverá reposição dos estoques da vacina. (Foto: Divulgação/PMCG)

Uma dona de casa de 26 anos está passando por uma saga para conseguir vacinar o filho de quatro meses contra meningite. Isso porque o remédio está em falta na UBS (Unidade Básica de Saúde) da Vila Nasser há pelo menos 15 dias.

Segundo a dona de casa, que preferiu não se identificar, ela procurou a unidade no dia 30 de novembro, data em que deveria ter vacinado o filho conforme a caderneta de vacinação. ''Fui na data que eles pediram e não tinha vacina. Desde então, tenho ido ao local toda semana e não encontro. Os funcionários falam que está em falta", contou.

A expectativa da dona de casa é conseguir encontrar a vacina na USB do Jardim Paradiso, mas para isso precisará sair da região onde mora. ''Disseram que lá ainda tem algumas doses. Vou para ver se encontro", disse.

Para a mãe, o sentimento é de medo de não conseguir proteger o filho contra a doença. ''É um descaso total, uma vacina tão importante. Entro em desespero só de pensar que pode acontecer alguma coisa com ele", desabafou.

O Campo Grande News entrou em contato com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), que informou que a falta de vacina contra meningite em algumas unidades é em decorrência ao baixo quantitativo de doses repassadas pelo Ministério da Saúde à Campo Grande.

Ainda conforme a Sesau, o Ministério da Saúde ainda não informou quando haverá reposição dos estoques, mas assumiu que a falta de vacinas na cidade poderá comprometer a meta de vacinação de 2018.

Direto das Ruas – A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

**14/12/2018 - CG. News

Envie seu Comentário