Garras faz operação para prender acusados de furto e roubos a banco

Conforme o delegado Fábio Peró, são cumpridos 13 mandados de prisão na Capital, Chapadão do Sul e Dourados


 
Movimentação de viaturas no Garras (Foto: Marina Pacheco)
Movimentação de viaturas no Garras (Foto: Marina Pacheco)

O Garras (Delegacia Especializa de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestro) deflagrou por volta das 5h30 desta quinta-feira (14) operação para prender acusados de furto e roubo a bancos em Campo Grande e outras duas cidades do Estado.

Conforme o delegado Fábio Peró, são cumpridos 13 mandados de prisão na Capital, Chapadão do Sul e Dourados. Ainda não há informação de quantas pessoas foram presas até agora. O delegado disse que uma coletiva de imprensa deve ser marcada amanhã (15) para apresentar os dados da operação. Pelo menos 20 policiais participam da ação.

Em novembro do ano passado, ataques a duas agências bancárias no Centro de Chapadão do Sul, distante 321 quilômetros de Campo Grande, por criminosos fortemente armados, deixaram rastro de destruição e a população do município, com pouco mais de 17 mil habitantes, perplexa. Durante a ação dos criminosos. Duas lojas, uma de confecção e uma ótica, ao lado da agência do Banco do Brasil, foram atacadas pelos ladrões.

CG. News

Envie seu Comentário