Ação da Polícia Federal faz buscas também na Assembleia Legislativa

O deputado estadual Zé Teixeira foi preso na manhã desta quarta-feira (dia 12)


 
Movimentação no gabinete do deputado Zé Teixeira nesta manhã. (Foto: Leonardo Rocha).
Movimentação no gabinete do deputado Zé Teixeira nesta manhã. (Foto: Leonardo Rocha).

Policiais cumprem mandados de busca e apreensão na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul nesta quarta-feira (dia 12). A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação, que deve emitir uma nota nas próximas horas.

Nesta manhã, a PF (Polícia Federal) desencadeou a Operação Vostok para investir esquema de pagamento de propina envolvendo autoridades do Executivo, Legislativo e TCE (Tribunal de Contas do Estado).

O deputado estadual Zé Teixeira, uma das principais lideranças do DEM em Mato Grosso do Sul, foi preso nesta manhã. Neste momento, policiais estão recolhendo documentos e mexendo nos computadores no gabinete, que fica na 1ª secretaria do Legislativo estadual.

Não há, por enquanto, detalhes se a ação se resumiu apenas à sala do deputado ou quais documentos foram apreendidos.

Teixeira foi preso no Hotel Jandaia, em Campo Grande, onde se hospeda nos dias em que participa de sessões da Assembleia Legislativa e outros compromissos políticos. Em seguida foi levado para a Superintendência da PF, na Vila Sobrinho.

A reportagem apurou que a ação deflagrada hoje é relativa ao inquérito que tramita no STJ (Superior Tribunal de Justiça) sobre as denúncias da JBS de suposto pagamento de propinas. Também há mandados contra o governador do Estado, Reinaldo Azambuja.

São quatro carros descaracterizados da PF em frente ao prédio, no Jardim dos Estados, em Campo Grande.

12/09/2018 08h34 - *Fonte: Campo Grande News

Envie seu Comentário