Câmeras flagram dupla atirando durante assalto a Nelsinho Trad

Motorista de candidato ao Senado reagiu e teve pistola levada por bandidos


 
Roubo aconteceu na sexta-feira, em Dourados (Foto: Vídeo/Reprodução)
Roubo aconteceu na sexta-feira, em Dourados (Foto: Vídeo/Reprodução)

Imagens de câmeras de segurança flagram o momento em que o motorista do candidato ao Senado Nelson Trad Filho (PTB) é rendido e assaltado em frente a um hotel em Dourados -a 233 km de Campo Grande. O crime aconteceu na noite de sexta-feira (28).

O motorista, de 35 anos, foi rendido pela dupla de assaltantes no momento em que os passageiros, entre eles Nelsinho, desceram da caminhonete, em frente ao hotel. No vídeo é possível ver o passageiro da moto sacando a arma e anunciando o assalto. O condutor abre a porta, desce e então é agarrado pelo segundo suspeito, que o leva para longe do veículo.

Na tentativa de se soltar, o motorista acaba caindo junto com o bandido. O suspeito armado acompanha a ação, com arma em punho. Vítima e autor lutam ainda no chão, antes do comparsa armado disparar contra as vítimas. Segundo o boletim de ocorrência, o assaltante disparou duas vezes.

Entanto as vítimas correm, a dupla volta para perto da caminhonete, sobe na motocicleta e foge, levando a arma que seria do motorista. A suspeita é de que os bandidos colocaram uma sacola plástica na placa do veículo, para evitar a identificação. Veja o vídeo:

Segundo informações da assessoria de imprensa de Nelsinho, o candidato e o motorista estão bem. Nesta manhã, o ex-prefeito de Campo Grande faz campanha em Chapadão do Sul e aproveitou para gravar um vídeo e tranquilizar os eleitores.

"Tá tudo bem, rumo a vitória. Não foi nada comigo, tá tudo beleza", fala o candidato, que nas imagens aparece em uma carreata ao lado do governador Reinaldo Azambuja, o prefeito da cidade João Carlos Krug, vereadora Cida Amaral e com o deputado Elizeu Dionizio. Ainda segundo a assessoria, a esposa do ex-prefeito só soube do caso hoje de manhã. O roubo é investigado na 1ª Delegacia de Polícia Civil da cidade.

**30/09/2018 - Campo Grande News

Envie seu Comentário