Casa do Artesão estará presente em todos os dias do período de festividades natalinas na Praça Ramez Tebet

Duas tendas serão montadas com os trabalhos dos cerca de 30 artesãos de 15 a 22 de dezembro na praça Ramez Tebet.


 
Casa do Artesão da Cidade, sendo que essa última, a partir do dia 15 de dezembro, vai disponibilizar mais barracas com diversos produtos de artesanato. Casa do Artesão da Cidade, sendo que essa última, a partir do dia 15 de dezembro, vai disponibilizar mais barracas com diversos produtos de artesanato.

O público que está prestigiando a programação natalina de Três Lagoas realizada na Praça Senador "Ramez Tebet", desde o dia 28 está tendo a oportunidade de prestigiar também os doceiros e representantes da Casa do Artesão da Cidade, sendo que essa última, a partir do dia 15 de dezembro, vai disponibilizar mais barracas com diversos produtos de artesanato.

Tendas de churros, raspadinha, cocada e artesanatos diversos estão ficando à disposição dos três-lagoenses das 16h às 22h. De acordo com o coordenador da Casa do Artesão, Eduardo Nakamura, os mesmos receberam autorização da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SEDECT) para permanecer no local durante todos os dias de festa.

Ainda segundo Eduardo, os cerca de 30 artesãos cadastrados estarão presentes no Bazar Natalino, feito pela Diretoria de Cultura através da Casa do Artesão, realizado na praça, em outras duas tendas que serão montadas no dia 15 e seguem atendendo até o dia 22 de dezembro. Entre os produtos expostos para comercialização estarão pano de prato, bordados, pinturas, costura criativa, terrários, produtos em madeira, EVA, banana chips, doces caseiros, acessórios de bebê, tapete de crochê, entre outros.

Para Eduardo, "datas comemorativas como Natal, Festa do Folclore e Dia das Mães são as que os artesãos mais vendem. É importante para a população ter acesso a esse tipo de presente alternativo para valorização do artesanato local", disse.

 
É importante para a população ter acesso a esse tipo de presente alternativo para valorização do artesanato local”, disse. É importante para a população ter acesso a esse tipo de presente alternativo para valorização do artesanato local”, disse.

**06/12/2018 - Ass. de Imprensa

Envie seu Comentário