Concurso da Educação: Governo abre prazo para recurso das provas para administrativos

Prazo para interposição de recurso encerra as 17 horas de amanhã.


 
Concurso que oferta 500 vagas para a carreira de apoio à Educação Básica do estado de Mato Grosso do Sul.
Foto: Elaine Paes

Concurso que oferta 500 vagas para a carreira de apoio à Educação Básica do estado de Mato Grosso do Sul.
Foto: Elaine Paes

Campo Grande (MS) – O Diário Oficial do Estado (DOE desta quarta-feira (20.2) abre o prazo para interposição de recurso em caso de discordância das questões aplicadas no concurso que oferta 500 vagas para a carreira de apoio à Educação Básica do estado de Mato Grosso do Sul.

O gabarito preliminar da prova escrita objetiva está disponível para consulta dos candidatos desde segunda-feira (18.2) na área do candidato no site da Fundação de Apoio a Pesquisa, ao Ensino e Assistência do Rio de Janeiro (Funrio). A consulta ao caderno de questões correspondente ao cargo e função aos quais o candidato concorre.

O prazo para interposição de recurso contra a opção correta constante no gabarito preliminar encerra às 17 horas (horário de MS) desta quinta-feira (21.2). Os recursos deverão ser efetivados por questão e instruídos com as razões que justifiquem a revisão.

Conforme o edital, questões eventualmente anuladas terão o ponto respectivo atribuído a todos os candidatos que realizaram a prova correspondente. Não serão aceitos recursos interpostos de forma adversa dos padrões estabelecidos em edital.

Assinam a edição nº 9.847 do DOE, o secretário de Estado de Administração e Desburocratização, Roberto Hashioka, e o secretário-adjunto de Estado de Educação, Edio Antonio Resende de Castro.

O concurso

Com oferta de 500 vagas para a carreira de apoio da Educação Básica do quadro de pessoal da Secretaria de Educação (SED), a prova escrita objetiva do concurso para os cargos administrativos, realizada no domingo (17.2), registrou 18,1% de abstenção.

De 24.171 candidatos inscritos para os cargos de assistente de atividades educacionais, agente de limpeza e agente de merenda, 4.395 não compareceram para realizar as provas. O índice maior de faltosos foi em Campo Grande, com 2.954 ausentes, contra 1.441 registrados em Dourados.

Por Mireli Obando – (SAD)

Envie seu Comentário