Tiros de fuzil durante explosão de agências causaram pânico a moradores

Segundo o delegado da cidade, Felipe Machado Potter, as rajadas foram disparadas pelos bandidos


 
Câmera de segurança flagrou um dos bandidos com fuzil na mão (Foto: O Correio News)
Câmera de segurança flagrou um dos bandidos com fuzil na mão (Foto: O Correio News)
 
Duas lojas, uma de confecção e uma ótica, ao lado da agência do Banco do Brasil, também foram atacadas pelos ladrões. Duas lojas, uma de confecção e uma ótica, ao lado da agência do Banco do Brasil, também foram atacadas pelos ladrões.

Rajadas de tiros de fuzis e explosão durante arrombamento a duas agências bancárias no Centro de Chapadão do Sul, distante 321 quilômetros de Campo Grande, causaram pânico na cidade de pouco mais de 17 mil habitantes. O crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira (7). Duas lojas, uma de confecção e uma ótica, ao lado da agência do Banco do Brasil, também foram atacadas pelos ladrões.

"Rapaz do céu, explodiram o caixa eletrônico lá da Caixa Econômica. Estou aqui no prédio vendo a polícia trocar tiros com os bandidos. Nossa! Metralhadora! Meu Deus do céu!", diz um morador enquanto fazia as imagens pelo celular. Não houve troca de tiros com a polícia. Segundo o delegado da cidade, Felipe Machado Potter, as rajadas foram disparadas pelos bandidos. "Eles fazem isso para intimidar", disse.

Várias mensagens foram trocadas nas redes sociais durante o ataque, entre os moradores e a polícia. O delegado, conforme o site Jovem Sul News, chegou a pedir em um grupo de WhatsApp para que ninguém saísse de casa. O Corpo de Bombeiros recebeu em torno de 20 ligações, durante a ação dos bandidos em razão das explosões. Ninguém ficou ferido.

Tiros de fuzis foram disparados pela quadrilha em vários pontos das cidades - inclusive próximo ao posto da Policia Militar e da Polícia Civil para dificultar a saída dos policiais. A primeira agência a ser atacada foi a do Banco do Brasil, localizada na Avenida Onze, entre a Avenida Oito e a Rua Dez. Em seguida, explodiram a agência da Caixa Econômica Federal na Avenida Seis, entre a Avenida Onze e a Rua Nove.

Nas calçadas e nas ruas foram encontrados vários cartuchos deflagrados de pistola 9 milímetros e de fuzis. Testemunhas contaram que viram duas caminhonetes Toyota Hilux prata em frente à Caixa Econômica e uma camionete S-10 e um carro pequeno próximo ao Banco do Brasil. Com a explosão, a estrutura do prédio do Banco do Brasil ficou comprometida e corre risco de desabar. Os bandidos ainda não foram identificados. Ainda não se sabe o valor levados da duas agências. Assista, abaixo, ao vídeo.

**07/11/2018 - Campo Grande News

Envie seu Comentário