Tempestade deixa rastro de destruição em Costa Rica e Chapadão do Sul

Árvores caíram sobre carros, casas ficaram destelhadas e parte da cidade ficou sem energia


 
Até o momento não há informações de feridos e os prejuízos são apenas materiais. (Foto: MS Todo Dia )
Até o momento não há informações de feridos e os prejuízos são apenas materiais. (Foto: MS Todo Dia )

O alerta de tempestade do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) se confirmou e um temporal de mais de três horas deixou casas destelhadas e parte de Costa Rica e Chapadão do Sul, a 321 km de Campo Grande, sem energia. A força da chuva e dos ventos derrubaram muros, árvores e até a temperatura, que de 32,1°C foi para 21° C.

Conforme a meteorologia, a chuva na região das duas cidades começou às 17h de ontem (6) e só amenizou às 20h acumulando 24,6 milímetros. Segundo o MS Todo Dia, parte da cidade ficou sem energia e o Corpo de Bombeiros passou o restante do dia retirando árvores das ruas e carros. Até o momento não há informações de feridos e os prejuízos são apenas materiais.

No Jardim Buenos Aires 2, na saída para Chapadão do Sul, inúmeras casas foram destelhadas. Em uma residência, um muro reforçado de cerca de três metros de altura caiu sobre um VW Gol. O morador a comparar a ventania a um tornado. No mesmo bairro, outro muro foi derrubado na Rua Natal.

No Bairro São Francisco, um poste caiu sobre os fios de alta tensão, deixando a região sem energia elétrica. Na Rua José Pereira da Silva, em frente à rádio RCR Band 105,9, dois carros e uma moto foram atingidos por uma árvore e ficaram completamente danificados.

Ainda segundo a previsão, a condição do tempo desta sexta-feira será de muitas nuvens e pancadas de chuvas isoladas em Costa Rica, Chapadão do Sul e Cassilândia.

No restante do Estado haverá sol e nuvens variando com chances de pancadas de chuva no fim da tarde entre Campo Grande e Três Lagoas com alerta de raios ultravioleta intensos no Centro Sul e Norte de MS.

 
muro reforçado de cerca de três metros de altura caiu sobre um VW Gol. (Foto: MS Todo Dia)
muro reforçado de cerca de três metros de altura caiu sobre um VW Gol. (Foto: MS Todo Dia)

Envie seu Comentário

**07/12/2018 - CG. News