PF pediu apreensão de 96 veículos de quadrilha alvo de ação

Em cinco meses, a polícia apreendeu uma tonelada da droga e, nesta operação, a Justiça determinou o sequestro de 96 veículos


 
Nesta operação, a Justiça determinou o sequestro de 96 veículos, adquiridos com o lucro do tráfico.

A operação Time Out, deflagrada hoje (dia 18) pela PF (Polícia Federal), mira uma quadrilha que mantinha galpões na área urbana de Campo Grande, onde caminhões eram carregados com cocaína destinada ao tráfico interestadual. Em cinco meses, a polícia apreendeu uma tonelada da droga e, nesta operação, a Justiça determinou o sequestro de 96 veículos, adquiridos com o lucro do tráfico.

Ao todo, 43 policiais federais cumprem seis mandados de prisão e oito mandados de busca e apreensão. As ordens judiciais, expedidas pela 2ª Vara Criminal Residual de Campo Grande, são cumpridas na Capital e Três Lagoas.

A investigação começou em outubro de 2017 para apurar informações de que moradores da Capital mantinham galpões na área urbana, onde caminhões eram carregados com cocaína e se dirigiam a outros Estados. Os lucros eram utilizados na aquisição de imóveis e veículos, registrados, em sua grande maioria, em nome de "laranjas".

Durante a apuração, foram realizadas três prisões em flagrantes em Mato Grosso do Sul e São Paulo, além da apreensão de três caminhões.

A Justiça bloqueou contas bancárias e decretou a indisponibilidade de imóveis. Os presos são conduzidos para a superintendência da Polícia Federal em Campo Grande. Se condenados, poderão cumprir penas que ultrapassam 20 anos de prisão.

Um dos alvos foi imóvel na Rua Bahia, Vila Gomes, em Campo Grande. Foram levados dois veículos - GLA 200, modelo da Mercedes-Benz, e uma caminhonete Toyota Hilux -, e documentos. Time Out significa tempo esgotado.

**18/10/2018 -Campo Grande News

Envie seu Comentário