Alvos da PF do Maranhão recebiam pelos Correios droga de MS

Quadrilha distribuía ecstasy e LSD, além de cocaína, skunk e maconha, em festas na capital maranhense


 
Comprimidos de ecstasy apreendidos pela PF em operação no ano passado (Foto: PF/Divulgação)
Comprimidos de ecstasy apreendidos pela PF em operação no ano passado (Foto: PF/Divulgação)

A Polícia Federal do Maranhão investiga esquema de tráfico de drogas pelos Correios. Conforme as primeiras apurações, o entorpecente saía do Mato Grosso do Sul e ainda do Rio de Janeiro e Pernambuco para abastecer festas no Estado do norte do País.

Nesta quarta-feira (15), na segunda fase na Operação MD, policiais federais prenderam cinco pessoas em São Luiz (MA), suspeito de integrar quadrilha. A PF também cumpriu quatro mandados de busca e apreensão para coletar provas e continuar a investigação.

A partir dos interrogatórios e da análise de material apreendido na 1ª fase, deflagrada em abril, a PF identificou mais integrantes do grupo criminoso que distribuía ecstasy e LSD, além de cocaína, skunk e maconha, em festas na capital maranhense.

A equipe de investigação também interceptou várias "encomendas" nos Correios endereçadas à envolvidos no esquema.

Segundo a PF, ‘MD’ são as iniciais da substância (metileno-dióxido) que compõe o ecstasy, era a principal drogas traficadas pelo grupo.

**16/05/2019 - CG. News

Envie seu Comentário