Procon pesquisa brinquedos e encontra variação de até 220%

Maior diferença ocorre no preço da boneca Barbie; Procon pesquisou 45 itens em seis lojas especializadas de Dourados


 
Procon fez pesquisa de preço de brinquedos em seis lojas de Dourados (Foto: Dourados News)
Procon fez pesquisa de preço de brinquedos em seis lojas de Dourados (Foto: Dourados News)

O Procon encontrou diferença de até 220% no preço de brinquedos em Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande. Para ajudar os pais a comprar o presente do Dia das Crianças, o órgão de defesa do consumidor apurou o preço de 45 itens em seis lojas especializadas do ramo.

De acordo com o Procon, as fiscais visitaram seis estabelecimentos comerciais da área central e do shopping entre os dias 5 e 8 deste mês e coletaram preços de bicicletas, bonecas/bonecos, jogos, bolas e outros brinquedos.

"Existem diversos fabricantes nesse segmento e cada um oferece ao consumidor vários tipos e modelos de brinquedos. Dos 45 itens relacionados na pesquisa, somente 21 são comercializados em mais de um dos estabelecimentos visitados", informou o Procon.

O setor de fiscalização orienta o consumidor a analisar a tendência geral de preços praticados pelos estabelecimentos, já que eventualmente um mesmo local pode apresentar preço mais caro para um determinado item e preços menores para outros produtos.

A maior diferença de preço da pesquisa – 220,09% - é da boneca Barbie Princesas básicas Mattel, vendida de R$ 24,99 a R$ 79,99. A segunda maior diferença foi de 170,75% na bola de futebol de couro. A mais barata é vendida por R$ 16,99 e a mais cara por R$ 46,00.

Foram encontrados vários outros brinquedos com diferença considerável de preço, como o carro do Batman com controle remoto (80,02%) e de 160% no patinete.

Além de pesquisar o preço, o Procon recomenda ao consumidor observar na embalagem o selo de certificação Inmetro, indicando que o produto foi fabricado e comercializado de acordo com as normas técnicas. O selo deve apresentar a marca do Inmetro e a do organismo de certificação credenciado.

**10/10/2018 - Campo Grande News

Envie seu Comentário