Garoto de programa da PB cobra R$ 5 mil de cliente para não divulgar vídeo íntimo

Suspeito ameaçou que revelaria sexualidade da vítima. Eles se relacionavam desde 2016.


 
Garoto de programa de João Pessoa diz que extorquiu cliente porque precisava de dinheiro (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco) Garoto de programa de João Pessoa diz que extorquiu cliente porque precisava de dinheiro (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Um homem de 22 anos que trabalha como garoto de programa foi preso na noite da quarta-feira (17) no bairro de Mandacaru, em João Pessoa, suspeito de extorquir um cliente. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito havia gravado a relação sexual com o cliente com uma câmera escondida e fez ameaças para publicá-lo caso a vítima não pagasse R$ 5 mil. A prisão foi feita pelo Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil.

O homem que havia mantido relação sexual com o garoto de programa procurou a Polícia Civil após o início da extorsão e denunciou o caso. Ainda segundo o GOE, o suspeito gravou a relação sexual com a vítima usando câmera escondida em uma réplica de chave de carro.

Segundo a polícia a vítima matinha uma relação com o garoto de programa desde 2016 onde tinham dois encontros mensais, no valor de R$ 100 cada. A polícia investiga se outros clientes do garoto de programa também foram gravados e extorquidos, uma vez que apenas um deles procurou a delegacia.

 
Suspeito usou aplicativo de celular para fazer ameaças à vítima (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco) Suspeito usou aplicativo de celular para fazer ameaças à vítima (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)
 
Sexo foi filmado neste dispositivo similar a um controle de alarme automotivo (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco) Sexo foi filmado neste dispositivo similar a um controle de alarme automotivo (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Na mensagem de áudio enviada pelo garoto de programa para o cliente, e divulgada pela polícia, o suspeito faz ameaça e dá um prazo para o pagamento. "Você vai me pagar até segunda-feira, seu safado, ou então eu vou publicar o vídeo para todo mundo ver, para sua mulher saber que você é veado", avisou o garoto de programa.

Em depoimento à polícia, o suspeito explicou que é a primeira vez que faz isso e só fez esse tipo de ameaça porque estava devendo R$ 1 mil e precisava de dinheiro. O suspeito foi ouvido e encaminhado para a carceragem da Central de Polícia, em João Pessoa. Até a manhã desta quinta-feira (18) ele seguia preso, à espera da audiência de custódia.

G1